Data Centers e a Sustentabilidade

Whats Whats

Data Centers e a Sustentabilidade

Data centers e a sustentabilidade…

Alternativas para diminuir o consumo de energia dos centros vão desde o uso do calor das máquinas até experimentos com processadores.

Por trás de uma empresa existe sempre um data center, certo? Mas, e por trás de um data center, qual é a infraestrutura necessária? Um belo refrigerador é uma das respostas mais óbvias. Para que as máquinas não peguem fogo (literalmente), enquanto trabalham sem parar, é preciso muito ar condicionado dentro dos ambientes. O único problema é que este tipo de refrigeração consome muita energia e, por isso, muitas pessoas já estão se questionando se este é o melhor método de manter as máquinas resfriadas.

Garantir a funcionalidade dos equipamentos de forma correta aumenta a confiabilidade, segurança e eficiência do sistema e ainda contribui para evitar falhas de hardware, muito comuns quando ocorre o superaquecimento.

O problema maior é que a climatização necessária dentro do data center pode consumir muita energia. Os custos de energia e climatização representam cerca de 45% do total de consumo de energia de um data center. Como o custo da energia está alto, manter um sistema antigo pode ser impactante para a empresa. É estratégico adotar soluções para adequar a companhia em um modelo de data center sustentável.

Segundo o Greenpeace, os data centers e os equipamentos de computação em geral consomem 1,5% da energia global e emitem cerca de 2% dos gases do efeito estufa. Os números mostram que é fundamental considerar fatores de eficiência energética e preservação do meio ambiente dentro do DC.

Dentre as soluções que visam uma maior sustentabilidade, algumas destacam-se, entre elas:

1.Utilização de energia a partir de fontes renováveis

2.Adoção de um projeto adequado para o data center

3.Planejamento e otimização das operações

4.Manuseio eficaz de racks e CPUs através de gerenciamento adequado.

* * * Tudo o que melhora a eficiência do sistema diminuindo o consumo de energia é sustentável e, portanto, vale a pena investir para depois economizar.

Fonte: Olhar Digital